Jan18

SAUDADE

Posted by Roseane Miranda on 18.01.09  ~  Posted in: Histórias  ~  Send feedback »

Dizem os dicionários que SAUDADE é uma ?Recordação nostálgica e suave de pessoas ou coisas distantes, ou de coisas passadas; é Nostalgia. São Cumprimentos, lembranças, recomendações afetuosas a pessoas ausentes?... :'(

Até concordo, mas, acho que é algo mais, um tanto, inexplicável... Um sentimento que pode ser bom ou ruim. Bom: quando as lembranças são boas, saudáveis, alegres... e ruins: quando a saudade vem encharcada de ausência, embebida de distância, ensopada de sentimentos negativos, como dor, mágoa, indignação...

Bom, eu gosto da SAUDADE BOA! Aquela que nos leva a dizer sorrindo: ?Lembra quando a gente era criança... quando a gente estava lá... quando a gente podia isso ou aquilo...? Nossa, eu amo! :p (No texto: "Quando eu nasci" tem outras coisinhas...).

Dia desses achei um Diário, dos meus tempos de aborrescente ? por que eu fui bem ?boca aberta? sabe?! Tinha tanta abobrinha... me fez rir bastante. Qualquer dia conto mais. Tem muita coisa... Vou fazer uma releitura e conto as mais hilárias...

Hoje, quero lembrar de coisas que eu gostava muito como brincar de Boneca de papel. Quem lembra? Eu adorava... e olha que até com uns 14 anos eu ainda curtia!!! Minha mãe vivia comprando-as para nós (minhas irmãs e eu). Mas, o mais legal era ser a ?personnal stylist? das meninas... ou seja, eu mesma desenhava e recortava ?altos looks? ? cada coisa medonha, mas, eu me sentia a própria Channel!

E as brincadeiras de rua?: pega-pega, queimada, bandeirinha... Tinha uma, bobinha, que se chamava ?jeans? (nada a ver com o tecido!) ? que consistia em ?lutar? pela posse de um determinado poste, do qual você só saía se gritasse ?Jeans?; daí, os seus adversários, também gritando ?Jeans?, corriam para usurpar seu território!!! Há há há... quanta inocência!

Pior era uma em que brincávamos de um tipo de ?amarelinha às cegas?, chamava-se amarelinha francesa... Gente, essa era ridícula!, pois, desenhava-se o trajeto normal da amarelinha, colocava-se uma venda nos olhos da jogadora que, ao tentar fazer o percurso, pulando em um pé só, tinha que ?falar francês?!; é, francês ? do nosso jeito, claro! Perguntando se havia pisado na faixa ou não!!! Repare o ?francês?: ?Pisê?? ? ao que as colegas respondiam: ?NÔ? ou ?Si? ? dependendo de seus erros ou acertos... Putz! Que bobinhas...

Nessa época, eu devia ter uns 10 ou 11 anos, mas tinha um ?apartamento?! Claro que era numa árvore... Em frente a uma casa vizinha...

Sempre amei fazer amigos, falar bobagens, sem nexo e dar risada, muita risada... a Hérica sabe o que quero dizer... por isso, adoro esse besteirol todo!

Era tempo de preocupações brandas, como: esperar ansiosa pela Páscoa, Dia das Crianças, Natal... hoje não esperamos, estressamos!!! ?Ai Meu Deus! Já é Páscoa, preciso comprar os ovos?... ?IH! O Natal já está aí! Uf... não vamos deixar as compras pra última hora!?.

Tenho saudade de Cores: o verde água das paredes de casa;

Das Flores da casa da Vó Iza, cujas pétalas me serviam de unhas postiças!!!;

De Sabores como: o bolo ?nega maluca? da mãe; pavê de leite condensado; geladinhos, chicletes ploc...

De Sons como: Lobão, Metrô, Rádio Táxi, RPM... Ops, e eu também gostava de Menudo, irc!!!! ? queria casar com o ?Charlie?... há há há há...

De Pessoas... como minhas avós, alguns amigos... ih, muita gente!.

Tenho saudades de primos, que não vejo mais... de tias... das férias no Sítio Amarelinho!!!... da escola, dos amigos, de muita gente boa!

Tenho saudade de muita coisa! Mas acho que não é pelo saudosismo em si, mas por que fui e sou muito feliz!

Espero sinceramente ainda poder cultivar muitas amizades, sentir muita saudade boa (como esta), saudade alegre...

Beijos,

Inté!

Saudades! Sim... Talvez... e porque não?...
Se o nosso sonho foi tão alto e forte
Que bem pensara vê-lo até à morte
Deslumbrar-me de luz o coração!
Esquecer! Para quê?... Ah! como é vão!
Que tudo isso, Amor, nos não importe.
Se ele deixou beleza que conforte
Deve-nos ser sagrado como o pão!

(Florbela Espanca)

<< 1 ... 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27