Jan22

CHOQUE CULTURAL

Posted by Roseane Miranda on 22.01.10  ~  Posted in: Histórias  ~  2 feedbacks »

Noooossaaaa! Quanto tempo né genteeee? :yes:

Parece que o tempo está voando... a gente se perde.

Não sei o que acontece mas, tem sido cada vez mais complicado escrever aqui... vou tentar me esforçar, combinado? Hehehe

Hoje quero lhes falar sobre o ?choque? de cultura que temos levado aqui no Nordeste... muito interessante, muito forte e muito louco (como diz o Anderson!). &#59;D

Cada povo tem sua cultura, disso eu já sabia... Mas o quanto? Quanto a gente sabe sobre a própria cultura?

Do nosso País, quando falamos em Cultura, logo vem à lembrança: CARNAVAL, CAFÉ, PELÉ... hahaha igualzinho turista, não é? Atualmente também tem feito parte da ?cultura? o ?jeitinho?, a corrupção e outras coisinhas... não vale a pena.

Da minha terra natal tenho pouca lembrança cultural, mas, posso destacar: o bolinho caipira ? que só tem lá e o da minha mãe é o melhor!, a Folia de Reis regional, a Catira, e as festas cristãs, com visitas obrigatórias à Basílica Nacional!

Mas, e quando vemos na TV ou em uma revista, um boçal qualquer, intelectualóide, falando que ?temos que resgatar nosso cultura?? Resgatar? O quê? Perdemos? Cadê??? ? ai não agüento... ouvir isso é como ouvir ?a nível de...?, ?eu enquanto pessoa...?, ?veja bem...? aaaaaiiiii! Não dá! A cultura é de cada povo. Tem raízes mas, muda com o povo também. Nada perdido, nada que resgatar...

Quando chegamos aqui no Nordeste, eu sabia que iria encontrar muita coisa diferente, até falei um pouco sobre isso no texto ?Gostos, culturas e manias? que já postei aqui... contudo, com o tempo, vamos notando que de fato, a gente não conhece quase nada daqui.

A cultura de um povo não se resume ao que se come, ao que se veste, suas festas, danças ou folclore. É tudo isso e muito mais.

Aqui está acontecendo a FEIRA DE SERGIPE (vejam a programação e fotos em www.feiradesergipe.com.br), onde pudemos ver a diversidade cultural dessa região, artesanatos, comidas, roupas e dança... Ahhh a dança! É disso que quero falar. Tô bege!!! Como diz a Lili minha irmã!

Explico: de longe, quando a gente vê uma manifestação cultural de algum lugar, sempre temos nossos próprios julgamentos, conceitos e preconceitos. Mas, de perto, como aconteceu com a gente, essa manifestação pode tocar fundo, arrepiar e emocionar ? por exemplo, quando vimos, pela primeira vez, de perto, um grupo de Dança nordestina, uma Quadrilha de São João!

Gente, vocês não tem noção! É muuuuuuuuuito louco! A gente vê aquele povo dançando alegre, com um sorriso largo no rosto, esbanjando emoção! Dando duro, suando e sorrindo... é demais, só vendo! Vou postar algumas fotos no Orkut e aqui, no fotolog.

Isso eu queria ver minha irmã, a Ju, vendo de perto... por que ela, que é um misto de Lady Kate genérica com o Catatau, (hehehehe foi mal, mas é bem isso...) vive ?tentando? imitar as danças daqui... sempre exagerando nos movimentos... hahahaha é engraçado, mas, incomparável! {Ju! Vem ver!!! Hehehe}. :))

Só sei que foi divino ver esse povo dançando lindo, ?levando a sério? ? como diz a Ju..., curtindo. Muito bonito mesmo. Nunca vi um grupo de Catira da minha terra, dançar tão feliz quanto uma quadrilha daqui.

É claro que parte de uma cultura pode não ser tão boa assim, como a comida por exemplo, que pros desavisados pode causar sérios problemas... não é Rogério (lembra do Sururu de São Luiz?!)... é fogo! Hehehe

Que bom que vivemos nesse País tão democrático culturalmente, onde cada região conta uma história, cada povo têm sua magia...

Em Junho tem São João, não vamos perder! Venham ver!!! &#59;)

Depois de ver tudo isso, numa simples Feira, fiquei mais feliz por estar morando aqui!!!

Um cheiro!!! (hehehe é assim que se despede nossa amiga Eugênia!)

Inté.

P.S.: Vocês sabem que eu sempre encerro com um poema, uma frase ou um trecho de uma música, mas, dessa vez, só lembrava de uma da Rita Lee ? da qual emprestei o título (Choque cultural), mas, é muito viajandona... daí pesquisando, encontrei essa, do locão do Arnaldo Antunes, nada ver também, ou tudo a ver, sei lá! Muito interessante!!! Hehehe vai inteira:


O girino é o peixinho do sapo
O silêncio é o começo do papo
O bigode é a antena do gato
O cavalo é pasto do carrapato

O cabrito é o cordeiro da cabra
O pescoço é a barriga da cobra
O leitão é um porquinho mais novo
A galinha é um pouquinho do ovo

O desejo é o começo do corpo
Engordar é a tarefa do porco
A cegonha é a girafa do ganso
O cachorro é um lobo mais manso

O escuro é a metade da zebra
As raízes são as veias da seiva
O camelo é um cavalo sem sede
Tartaruga por dentro é parede

O potrinho é o bezerro da égua
A batalha é o começo da trégua
Papagaio é um dragão miniatura
Bactérias num meio é cultura!

(Cultura ? Arnaldo Antunes)

<< 1 ... 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 ... 27 >>